Casal é vítima de sequestro e passa momentos de terror

Os policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí fazem buscas para prender um sequestrador que manteve casal refém por duas horas.

O assaltante rendeu o casal no bairro da Vila Rio Branco por volta das 18h50 de terça-feira (19) e ordenou que seguisse com o carro pela rua Tiradentes até a Rodovia João Cereser. Depois para o bairro do Caxambu.

Na porta do banco Itaú do Caxambu, mandou o marido ir sacar o máximo que conseguisse de dinheiro no caixa eletrônico, enquanto mantinha a arma contra a esposa da vítima.

Também ordenou que deixasse o celular com a senha do banco em suas mãos.

A vítima sacou R$ 8 mil em dinheiro em sete saques no caixa eletrônico.

Depois de algum tempo o bandido ordenou que a vítima o levasse para o Jundiaí-Mirim, para o Jardim Tarumã e finalmente no Jardim São Camilo, onde afirmou que lá ele “estava seguro”.

Enquanto ficou com a mulher da vítima no carro, o assaltante conseguiu pelo aplicativo do Banco Itaú fazer um empréstimo no nome da vítima no valor de R$ 210 mil e fez transferência para outra conta – que o banco não informou.

O delegado da DIG de Jundiaí, Josias Guimarães, destacou várias equipes para tentar identificar o autor do crime.

Os investigadores estão nas ruas, tentando identificar o criminoso.