PA Exclusivo COVID-19 passa para Vila Nova Argos

A partir de sexta-feira (29), o Pronto Atendimento (PA) Exclusivo COVID-19 da Ponte São João – que funcionou no prédio da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Pedro de Oliveira, passa a atender no espaço do Núcleo de Apoio à Aprendizagem (NAA), localizado na rua Monteiro Lobato, 169, Vila Nova Argos, no Complexo Argos. A transferência dos atendimentos para novo prédio se dá pela retomada das aulas, a partir do dia 1º de fevereiro.

O novo espaço, também amplo e de fácil acesso para a população da região da Ponte São João, São Camilo e entorno, manterá o mesmo fluxo de atendimento, com as equipes do Hospital São Vicente (HSV), e funcionamento diário de segunda a domingo, das 7h às 19h, com atendimento médico, coleta de exames e dispensação de medicações específicas para os quadros suspeitos de COVID-19.

Ao todo, o PA Exclusivo COVID-19 Ponte São João contabiliza 1,3 mil pessoas que buscaram atendimento no serviço. “Iniciamos o atendimento em 4 de janeiro no espaço da EMEB, exatamente no maior pico de atendimentos registrados durante a pandemia do Novo Coronvírus em Jundiaí. Os PAs Exclusivos e as Unidades Sentinelas são serviços que promovem a celeridade ao acolhimento, atendimento e testagem das pessoas que estejam com sintomas como coriza, dor de garganta, febre, dores pelo corpo e dificuldades respiratórias”, explica o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera.

A população pode consultar todos os locais de atendimento exclusivo para casos suspeitos do Novo Coronavírus pelo portal da Prefeitura de Jundiaí.

TROCA

A mudança entre a EMEB até o prédio da rua Monteiro Lobato será feita após o período de funcionamento desta quinta-feira (28). “Não haverá qualquer interrupção de serviço para a população. Na sexta-feira (29), o serviço funcionará no novo endereço”, ressalta o gestor.

Já na sexta-feira (29), a EMEB será higienizada para a retomada das aulas em sistema híbrido, com foco nas atividades ao ar livre e espaços abertos no entorno da unidade escolar, promovendo o desemparedamento das crianças, uma das diretrizes da Rede – Latino Americana – Cidade das Crianças, a qual Jundiaí é integrante.