Presos acusados de matar comerciante

A Polícia de Jundiaí prendeu dois moradores do Morada das Vinhas acusados de matar o comerciante Rômulo Pecoraro, de 43 anos, dono da Casa de Carnes São Judas Tadeu, na Vila Marlene.

Os presos já possuem passagens criminais e estariam no Uno que foi abandonado no Parque Eloy Chaves logo após o crime.

Na noite de quarta-feira Rômulo chegava em sua casa após fechar o açougue e foi seguido pela dupla e mais um homem.

Os assaltantes exigiram dinheiro e atiraram na vítima, que não resistiu e morreu no local. O terceiro elemento é procurado pela Polícia Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.