Mais uma mulher é atingida por pedra em trem

A leitora do “Jornal da Região”, Letícia, relata que foi mais uma vítima de pedradas atiradas contra trens da CPTM. Ela estava na linha 7 – Rubí, quando vândalos atiraram pedras e tijolos contra as composições entre as estações de Baltazar Fidelis e Francisco Morato.

Letícia foi atingida por uma pedrada no ombro. O vagão ficou cheio de pedras, conta a leitora, revoltada com a falta de segurança.

Neste sábado, dia 21, no trecho entre Jundiaí e Várzea Paulista outra mulher foi atingida por pedra e teve de ser socorrida por uma ambulância quando o trem parou em Várzea Paulista.

O “Jornal da Região” publicou há pouco tempo outro ataque, em que moradora de Jundiaí foi atingida por pedra de cerca de 1 quilo no Botujuru, em Campo Limpo Paulista.