Fogos de artifício e os cuidados para a diversão segura

Enfim, chegamos ao mês de junho. Tempo de festas juninas e, neste ano, época da Copa do Mundo. Dois festejos que têm em comum os fogos de artifício. E para que seja de fato um período de comemorações, é preciso ter muito cuidado com o manuseio de rojões, foguetes, estalinhos e todos os itens inflamáveis. Os adultos devem redobrar os cuidados com as crianças, já que os fogos são fascinantes e os pequenos não têm noção do perigo. O descuido pode significar acidentes como queimaduras, mutilações, lesões nos olhos e até surdez.

A médica pediatra do Hospital Universitário de Jundiaí (HU) Dra. Ana Paula Felgueiras orienta para que os fogos de artifício sejam manipulados por adultos, em locais distantes de crianças e até mesmo outros adultos. “Os casos em que eventualmente ocorrer um acidente, devem ser imediatamente encaminhados para o pronto-socorro”, alerta.

As queimaduras são os casos mais frequentes. “Não se deve passar nada no local, jamais recorrer a essas dicas caseiras com uso de pasta de dente, pó de café e tantas outras. Porque no hospital, será necessário remover estes produtos da pele para avaliar o dano causado e isso pode ser dolorido e machucar ainda mais”, orienta. “No máximo é possível fazer uso de analgésico já prescrito anteriormente por um médico”.

Outra situação que pode ocorrer é ter os olhos atingidos por faísca. “Nestes casos, pode-se lavar com água corrente, abundante e limpa e procurar o atendimento médico”, diz. E para evitar danos do pavilhão auditivo e na audição, a dica é que os rojões sejam manipulados a uma distância de pelo menos 30 metros de aglomerações de pessoas, em local aberto e posicionado para o alto. O ideal é que o artefato tenha base para encaixar no suporte instalado no chão, assim não é necessário segurar com as mãos.

Em tempos, é bom lembrar que os cuidados com fogos de artifício devem começar na compra. Devem ser adquiridos em lojas especializadas, as embalagens devem trazer instruções de uso em português e o consumidor precisa verificar a data de validade. Na hora de manusear, jamais tentar acender fogos que falharam, estes devem ser embalados e devolvidos na loja onde foram adquiridos.

%d blogueiros gostam disto: