Cabreúva realiza exames rápidos de sífilis

A Vigilância Epidemiológica informa que estão disponíveis nas unidades de saúde testes rápidos para diagnóstico de sífilis. Os testes funcionam de maneira semelhante aos testes rápidos de gravidez, mas ao invés de urina é utilizada amostra de sangue, adquirida com um furo no dedo, assim como nos testes de glicemia. Se aparece apenas um risco no aparelho, o resultado é negativo. Se aparecem dois, é positivo. Nesse caso, a enfermeira encaminha para realização do exame de sangue para confirmação e, depois, para o tratamento.

Os resultados saem de 5 a 10 minutos. O processo é indolor, simples e rápido e sigiloso. O paciente precisa informar nome e idade e, se mulher, se está grávida.

Segundo Lucimar Imperio, coordenadora da Vigilância Epidemiológica, a sífilis é uma doença sexualmente transmissível de fácil tratamento. “O tratamento da sífilis é simples, gratuito e eficiente. E as consequências de não tratar são graves”, explicou. Se não for tratada precocemente, a sífilis pode comprometer vários órgãos, como olhos, pele, ossos, coração, cérebro e sistema nervoso e, se durante a gestação, prejudicar a formação de bebês e até levá-los a óbito.

Confira os locais e horários:

Centro:

Terça-feira: 14h às 15h30

Quarta-feira: 8h às 11h e das 14h às 15h30

Vilarejo:

Quinta-feira: 13h às 15h30

Jacaré:

Segunda-feira: 8h às 11h

Terça-feira: 8h às 11h e das 13h às 15h

Quinta-feira: 8h às 11h e das 13h às 15h

Sexta-feira: 8h às 11h e das 13h às 15h

Novo Bonfim:

Terça-feira: 8h às 12h

Sexta-feira: 13h às 15h

Pinhal:

Segunda-feira: 10h às 11h30 e 14h às 15h30
Quarta-feira: 8h às 11h e 14h às 15h30