Gás de cozinha fica mais caro

O botijão de até 13 quilos de gás liquefeito de petróleo (GLP) residencial recebeu novo preço médio, pela Petrobras. A partir desta terça-feira (5), o produto vai valer R$ 25,33, na Petrobras e para o consumidor o preço médio é de R$ 80,00..

No último ajuste, feito em novembro do ano passado, o preço determinado foi de R$ 25,07. O produto tem reajustes trimestrais.

Em Jundiaí a Ultragas da rua do Retiro passou a cobrar R$ 75,00 pelo botijão de 13 quilos, para retirada no depósito e R$ 85,00 para entrega, dependendo do bairro. Na Consigaz, na avenida São Paulo, 842, na Vila Arens, o preço é de R$ 80,00 na entrega e R$ 68,00 para retirada no depósito.

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou, em nota, que o reajuste vai variar entre 0,5% e 1,4%, de acordo com o polo de suprimento. O Sindigás calcula que o valor do GLP empresarial está 13,4% acima do GLP para embalagens até 13 quilos.