Projeto Detecta é apresentado a empresas do FazGran

Representantes de empresas localizadas no FrazGran Empreendimentos conheceram detalhes do Projeto Detecta durante reunião organizada pela Ciesp e Associação Comercial Empresarial de Jundiaí (ACEJ), com apoio da Polícia Militar, na Hellermann Tyton.

Pelo projeto as empresas poderão adquirir câmeras que são interligadas ao sistema Detecta, banco de dados que concentra informações criminais de todo o Estado. Em questão de segundos, estas câmeras fazem a leitura das placas de veículos e enviam informações ao sistema.

Se o veículo tiver alguma irregularidade registrada no banco de dados, imediatamente o sistema avisa a viatura da Polícia Militar mais próxima da ocorrência. “É como se tivesse um policial em cada local onde tem a câmera do Detecta, consultando todos os veículos que estão passando”, disse o Capitão Tavares, da PM, ao explicar os detalhes técnicos do projeto.

O empresário Danilo D’Angelo, conselheiro da ACE e um dos articuladores para a implantação do Detecta em Jundiaí, também explicou detalhes do projeto e como as empresas podem aderir ao sistema usando o Acordo de Cooperação Detecta que a Associação Comercial assinou com a Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP). “A nossa ideia é contribuir com câmeras particulares aos sistema público de segurança já existente.”

O coronel Aloisio de Queiroz participou representando a Ciesp e disse que a reunião no FazGran faz parte de um projeto de expansão do Detecta na indústria, iniciado em 2018 com a instalação de câmera no condomínio Thera Park Jundiaí. “Tivemos uma boa adesão e agora estamos na fase de investimentos em conjunto.”

Após a apresentação o grupo do FazGran sinalizou o interesse em participar do projeto, usando o Acordo de Cooperação da ACE. O presidente da Hellermann, Alexandro Freitas Zavarizi, explicou a importância da reunião para que representantes das empesas do empreendimento saibam como colaborar com a segurança pública do município. “Poderemos contribuir para aumentar o monitoramento da região.”

A coordenadora de facilities da JDE Coffee, Jaqueline Alves, gostou do projeto e comentou que segurança pública é um assunto primordial e de interesse de todos. “Estamos fazendo um trabalho de segurança na nossa empresa e o Detecta vai ao encontro do projeto interno. Acredito que vai agregar muito ao que pensamos em fazer. Será um ganho para as empresas do FazGran.”

As empresas que demonstraram interesse no Detecta irão se reunir nas próximas semanas e se mobilizar para a adesão ao Convênio e aquisição das câmeras. A Prefeitura de Jundiaí, por intermédio da Guarda Municipal e Gabinete de Gestão Integrada Municipal, está acompanhando e apoiando o projeto.