Indústria paulista fecha 13 mil postos de trabalho

Só no mês de junho a indústria da transformação paulista fechou 13 mil postos de trabalho, informa a Fiesp, entidade que congrega as empresas do setor. O resultado significa uma queda de 0,61% em relação a maio.

Entre os setores acompanhados pela pesquisa, 77% apresentaram variações negativas, com quatro contratando, 17 demitindo e um permanecendo estável.

Os principais destaques negativos são o segmento de veículos automotores, reboque e carroceria, com 2.260 demissões; produtos alimentícios, com fechamento de 2.074 vagas; e confecção de artigos do vestuário e acessórios, com desligamento de 1.305 trabalhadores.

No campo positivo ficaram, principalmente, produtos diversos (318); bebidas (199), entre outros.