Jundiaí cria esquema de vacinação em UBSs

A Vigilância Epidemiológica de Jundiaí informa que para o mês de agosto haverá a necessidade de adequação na oferta de doses de vacinas, com objetivo de evitar desperdício de doses, tendo em vista a redução em 50% da oferta pelo Ministério da Saúde da dose de BCG. A vacina imuniza contra tuberculose e é aplicada nos primeiros dias de vida da criança.

Maria do Carmo Possidente, enfermeira da Vigilância, explica que o objetivo é dar continuidade ao atendimento da melhor forma possível. “Recebemos esse mês um quantitativo reduzido de BCG e por isso será necessário restringir as UBS de aplicação, para reduzir as perdas e manter a vacinação até o final de agosto”, afirma.

Por mês são aplicadas cerca de 500 doses em Jundiaí. Para evitar a perda do produto, já que cada frasco contém 10 doses e a durabilidade é de apenas 6 horas após o frasco ser aberto, foi estabelecido um cronograma de oferta para otimizar os recursos.

De 29/7 a 30/8, a vacina será aplicada nas seguintes UBS:

segunda-feira, no PSF Marlene e UBS Central;

terça, Santa Gertrudes e Morada das Vinhas;

quarta, Caxambu e Agapeama;

quinta, Eloy Chaves e Esplanada;

e sexta-feira, no Novo Horizonte e Hortolândia.

O horário de aplicação será das 9h às 15h. A orientação é que os pais procurem a UBS de preferência para vacinar as crianças no período da manhã.

 

Pentavalente também em falta

Outra vacina que também sofre desabastecimento é a Pentavalente, que não foi disponibilizada para o próximo mês. Essa vacina deve ser aplicada em crianças aos 2, 4 e 6 meses, e protege contra tétano, difteria, coqueluche, hepatite B e infecções causadas pelo hemophilus. “Não recebemos Pentavalente esse mês. A informação do Ministério da Saúde é que estão aguardando a baixa do Termo de Guarda concedido pela ANVISA para iniciar a distribuição”, explica Maria do Carmo.

%d blogueiros gostam disto: