Mãe pede ajuda para provar inocência do filho

Uma moradora do Jardim São Camilo, em Jundiaí, está pedindo ajuda da comunidade, para provar que o seu filho é inocente da acusação de participação em roubo.

Na madrugada de segunda-feira (29) o rapaz, de 19 anos, passava com o seu carro pela rua Bolívia, quando foi abordado por populares exigindo que socorresse ao Hospital São Vicente de Paulo um outro jovem, que estava baleado.

Ao realizar o socorro, ele acabou sendo preso pela Polícia Militar, suspeito de ter participado de uma série de assaltos na madrugada, junto com um amigo.

Os roubos

Tudo começou quando uma quadrilha roubou, na avenida São Paulo, o carro de um motorista de aplicativo.

Depois os bandidos assaltaram um morador da Vila Nambi, levando o celular Motorola, dinheiro e carteira, além de uma aliança.

No final da madrugada os mesmos bandidos tentaram roubar um soldado da PM, que reagiu ao roubo e atirou, atingindo um dos bandidos. A quadrilha fugiu.

Pouco tempo depois deu entrada no São Vicente o baleado, que participou do roubo.

Segundo a mãe do motorista do carro, ele apenas socorreu o baleado, por ameaças de populares. Agora, ela está correndo atrás para provar que o filho é inocente e pede para quem tiver informações que procure o 3º Distrito Policial, para ajudar nas investigações.

A Polícia Civil investiga o caso. Só o baleado pode confirmar quem estava com ele nos assaltos, mas está internado no Hospital São Vicente de Paulo.

Leia mais sobre o caso

https://jr.jor.br/2019/07/29/pm-de-folga-reage-a-assalto-e-atinge-ladrao-em-jundiai/