Animais seguem sendo mortos em avenida

O leitor Sérgio Cayres Buzatto voltou a enviar fotos de animais mortos na avenida Humberto Cereser, sentido Jarinu.

Ele contou que passa pelo trecho pelo menos três vezes por semana e recentemente encontrou dois tatus e um quati mortos na beira da avenida.

“O problema continua. Não tem nenhuma lombada nem redutor de velocidade no local e os animais continuam morrendo.”