Jundiaí recebe nova edição do ‘Mutirão do MEI’

A Prefeitura de Jundiaí, em parceria com a TV TEM (afiliada local da TV Globo), o Sebrae do município, a Associação dos Contadores de Jundiaí e a Associação Comercial e Empresarial da cidade, realizará nos dias 6 e 7 de novembro mais uma edição do “Mutirão do MEI”. O evento terá como palco o Complexo Fepasa e ficará aberto ao público das 9h às 18h.

O principal objetivo da iniciativa é oferecer em um único local (o Poupatempo do Empreendedor) orientação, informação, a possibilidade de formalização como microempreendedor individual, regularização e encerramento das atividades.

O mutirão contará ainda com várias oficinas, com os temas: terceirização, reforma trabalhista, trabalho intermitente, processos legais de contratação de empregados, educação fiscal e cidadania, etc.

Para Messias Mercadante de Castro, gestor da Unidade de Gestão de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia de Jundiaí, o Mutirão do MEI é fundamental para ajudar quem busca uma recolocação no mercado de trabalho. “O Brasil tem hoje 12,8 milhões de desempregados e 38 milhões de pessoas vivendo na informalidade. Um caminho alternativo para reduzir estes números é contribuir para que alguns destes trabalhadores possam se tornar microempreendedores individuais”, revela.

“Entre as metas do prefeito Luiz Fernando Machado quando se fala em desenvolvimento, estão a atração de negócios e de investimentos na cidade, para impulsionar a geração de empregos, e a capacitação destas pessoas que podem virar microempreendedoras”, emenda Messias.

 

Suporte

Darão suporte ao evento entidades como o Banco do Povo, Fundo Social de Solidariedade de Jundiaí, Cetesb, Junta Comercial do estado, INSS, Procon, Receita Federal, Associação dos Contabilistas de Jundiaí, OAB, Companhia de Informática de Jundiaí, Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí, Câmara dos Dirigentes Lojistas, TV TEC e Escola de Governo, além de todas as Unidade de Gestão envolvidas no processo de registro e formalização dos microempreendedores individuais (MEIs).

Estas entidades também prestarão seus serviços, como a Cijun (Infraestrutura e Acessa Jundiaí) e a ACE (consulta ao SPC/Serasa).

Para atingir os objetivos propostos pelo evento serão disponibilizados a pesquisa de uso e ocupação do solo (por parte da Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente de Jundiaí), o Balcão do Empreendedor, a orientação fiscal e tributária e a pesquisa e orientação da Vigilância Sanitária.

%d blogueiros gostam disto: