Fórum de Jundiaí comemora 50 Anos

O Fórum Palácio da Justiça Dr. Adriano de Oliveira, em Jundiaí, comemorou, na quinta-feira (05), os seus 50 anos de história.

A solenidade, realizada no Salão do Júri do prédio, teve a participação do vice-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Artur Marques da Silva Filho.

Compuseram a mesa diretora da celebração o coordenador da 5ª Circunscrição Judiciária – Jundiaí, desembargador Cláudio Antonio Soares Levada, representando também a Associação Paulista de Magistrados (Apamagis); o juiz diretor do Fórum de Jundiaí, Grakiton Satiro Aragão; o deputado federal Miguel Haddad; o presidente da Câmara Municipal de Jundiaí, vereador Faouaz Taha; e o desembargador Antonio Gomes de Amorim.

A solenidade foi iniciada pelo Coral Vozes EnCanto, que entoou o Hino Nacional Brasileiro.

O juiz Grakiton Satiro Aragão abriu as homenagens ao Fórum relembrando a história do prédio, que recebe o nome do juiz Adriano de Oliveira, nascido no município.

Após homenagear os magistrados que fizeram história na comarca e citar alguns fatos que ocorreram durante os 50 anos do prédio, o juiz agradeceu a todos que participam e participaram do dia a dia do Poder Judiciário local.

“Ao relembrar a inauguração da estrutura física que nos abriga durante todos esses anos, somente existe sentido quando reverenciamos aqueles que nos antecederam nessa árdua luta de todos os dias, procurando trazer mais paz e justiça para a sociedade jundiaiense. De forma muito especial, também gostaria de demonstrar todo o meu carinho e gratidão para com os servidores dos cartórios judiciais e extrajudiciais. Muito obrigado”, declarou.

Em seguida, o desembargador Artur Marques da Silva Filho, que iniciou a carreira na Magistratura em Jundiaí, afirmou ter boas recordações do Fórum.

“Em Jundiaí eu comecei minha carreira, vindo da academia da Polícia Militar. Aqui também comemorei minha formatura, há exatos 42 anos. Tenho gratas recordações e devo tudo a Jundiaí. A vida permitiu que eu viesse a ser juiz nessa comarca e guardo tudo o que vivi aqui com muito carinho. Fico muito feliz em participar do cinquentenário deste fórum e agradeço a honra e o privilégio em ter convivido com todos que aqui passaram”, agradeceu.

Após os discursos, os desembargadores Artur Marques da Silva Filho e Antonio Gomes de Amorim foram presenteados pelo juiz Mauricio Garibe – o mais antigo da comarca de Jundiaí – e pelo juiz Grakiton Satiro Aragão, respectivamente.

O desembargador Cláudio Antonio Soares Levada presenteou o arquiteto responsável pelo Fórum Palácio da Justiça Dr. Adriano de Oliveira, Roberto Franco Bueno.

Representando todos os serventuários judiciais e extrajudiciais de Jundiaí, a servidora aposentada da 1ª Vara Criminal de Jundiaí, Vera Elisa Zorzette Capelli entregou, em agradecimento aos serviços prestados, um buquê de flores à servidora Maria Helena Pereira.

A solenidade foi finalizada com músicas natalinas e a canção Pro Dia Nascer Feliz, do grupo Barão Vermelho, ambas na voz do Coral Vozes EnCanto.

Também participaram da celebração o coordenador adjunto da 5ª Circunscrição Judiciária – Jundiaí, desembargador Mario Carlos de Oliveira; o juiz assessor da vice-Presidência do TJSP, Maurício Fossen; o juiz substituto em 2º grau, Maurício Campos da Silva Velho; o diretor do Fórum de Francisco Morato, juiz Alexandre Pereira da Silva; o diretor do Fórum de Vinhedo, juiz Evaristo Souza da Silva; o promotor de Justiça de Jundiaí, Cássio Murilo Schiavo, representando o Ministério Público; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção de Jundiaí, Fábio Marcussi; a comandante do 11º BPM-I, tenente coronel Carla Danielle Basson; o delegado de polícia assistente da Seccional de Jundiaí, Marco Antonio Ferreira Lopes, representando a Seccional; o gestor da Unidade de Gestão da Casa Civil de Jundiaí (UGCC), Gustavo Leopoldo Caserta Maryssael de Campos, representando o prefeito do município, Luiz Fernando Machado; o vigário judicial padre Márcio Odair Ramos, representando o bispo diocesano de Jundiaí; Marcos Dantas, representando o senador Major Olímpio; e demais autoridades.

A família do advogado Tarcísio Germano de Lemos também compareceu à solenidade e relembrou vários casos no Palácio da Justiça.