Homem morre atropelado na Via Anhanguera

Um homem morreu atropelado no Km 61 da Via Anhanguera, na alça de saída da Rodovia Bispo Dom Gabriel Paulino Bueno Couto, na região do bairro do Retiro, em Jundiaí.

Um motorista dirigia seu Renault Clio, com placas de Itupeva, no sentido da Avenida Jundiaí, quando a vítima apareceu, de repente, correndo entre as faixas de rolamento.

O motorista disse aos policiais rodoviários que não teve tempo de frear.

A vítima não portava documentos. É um homem que aparenta ter cerca de 50 anos, 1m65 de altura, cor branca, compleição física magro, cabelos lisos e grisalho.

Os policiais rodoviários relataram ao delegado Edson Antônio dos Santos, do Plantão da Polícia Civil, na Avenida Nove de Julho, que equipes do SAMU e de Resgate da Concessionária Autoban (viatura AB 0112, composta por Fred e Joelson) e  a viatura AB 0108 (composta por Escudeiro e Itonuse) compareceram para prestar atendimento médico à vítima. Mas o homem atropelado morreu no local.

A constatação do óbito foi feita pelo médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), doutor Marcelo Augusto Okamura.

O local foi devidamente preservado e os fatos foram informados à autoridade policial, que requisitou perícia no local dos fatos comparecendo equipe do Instituto
de Criminalística com o perito Lucas e fotógrafo Luiz.

O corpo do atropelado foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí, que aguarda a identificação por meio das impressões digitais.

Caso algum familiar tenha parente desaparecido pode comparecer para reconhecimento no órgão que funciona junto com o Cemitério Nossa Senhora do Montenegro, na rua Nelson Vilaça, no Jardim do Lago.