Homem que tentou estupro morre atropelado

Um homem de 44 anos morreu atropelado por uma composição da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), em Campo Limpo Paulista. O fato ocorreu depois de ele ter sido flagrado pela esposa tentando estuprar a enteada de 38 (que tem problemas mentais e idade de criança de 5 anos).

A delegada do Plantão Policial, Camila Duarte Pina, foi informada primeiro da morte por atropelamento do homem, que é natural do Pernambuco e já tinha passagem criminal por estupro, com condenação da Justiça. Ela requisitou a presença de peritos do Instituto de Criminalística no local.

Logo em seguida chegou a companheira desse homem na Delegacia para prestar queixa da tentativa de estupro.

A mulher relatou para a equipe da delegada Camila que estava cochilando quando acordou com o companheiro levando para a cozinha a enteada dele.

Lá na cozinha o companheiro estava com a bermuda abaixada tentando o ato sexual contra a enteada.

A mulher gritou, advertiu o autor e ele partiu para cima dela, ocorrendo luta corporal. Ela foi jogada ao solo e o companheiro colocou o joelho em seu peito, tentando enforcá-la.

Com um canivete ele tentou ferir a mulher, que gritou para chamar a atenção de outras pessoas da residência.

O companheiro saiu correndo para a rua e posteriormente ela soube da morte dele.

O maquinista da CPTM disse na delegacia que ainda chegou a acionar os freios de emergência, mas não deu tempo de evitar o atropelamento.

O corpo desse homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí para ser necropsiado.