Josué é o homem que morreu na Anhanguera

O Setor de Identificação do Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí conseguiu descobrir que a vítima de atropelamento na Via Anhanguera, no Km 55, na noite de segunda-feira (09) é Josué Faria da Silva, de 38 anos. O último endereço que consta nos registros do Governo do Estado é da cidade de São Bernardo do Campo.

Se alguém souber quem são os familiares de Josué pode mandar comparecer no 6º Distrito Policial, em frente ao Supermercado Boa da rua Bom Jesus de Pirapora, na Vila Rami e falar com a equipe de policiais do delegado Florisval Silva Santos.

Por volta de 23 horas de segunda-feira o homem que estava de calça de moletom, camiseta e tênis foi atropelado e morreu no local, na frente do Residencial Anchieta.

Se familiares não forem encontrados a vítima será sepultada como indigente.

Desconhecido

Ainda existe um outro homem que morreu atropelado no Km 61 da Via Anhanguera na noite de sexta-feira, dia 06. Até agora não houve identificação das impressões digitais. A principal hipótese é de que a pessoa seja de outro estado do País, uma vez que o sistema de impressões digitais não é integrado ao banco de dados da Prodesp em São Paulo.

Esse homem morreu atravessando a rodovia. Ele foi atingido por um carro que vinha de Itupeva para Jundiaí, na alça de acesso para a Via Anhanguera, em frente da Maderoa.