Cliente do Bradesco sofre prejuízo de R$ 168 mil

Mais um cliente do banco Bradesco procurou a Polícia Civil para prestar queixa de golpe nos caixas eletrônicos da agência da Avenida Jundiaí, no bairro do Anhangabaú.

Um morador da cidade teve uma série de saques indevidos que totalizaram a quantia de R$ 168 mil.

O cliente contou ao agente Xororó e delegado Antônio Dota Júnior, do 7º Distrito Policial, que no último dia 6 foi até o terminal da agência da avenida Jundiaí para pagar uma conta.

Ao inserir o cartão na máquina, ficou travado e sem condições de continuar as operações.

Na frente do terminal eletrônico havia um telefone 08000 para ligar com o logotipo do banco.

O cliente ligou e foi informado de que seria feita a liberação do cartão por um técnico, que levaria até a residência da vítima. Mas para dar continuidade no atendimento precisava confirmar alguns dados pessoais e a senha do cartão.

Depois de algum tempo a vítima retirou extrato e percebeu que havia caído em golpe, com vários saques.

Durante o Carnaval o “Jornal da Região” também publicou que ocorreram várias queixas de clientes que tiveram cartões bloqueados e saques indevidos na mesma agência. A Polícia Civil investiga os casos.