Aulas na rede Estadual serão suspensas a partir do dia 23

O governador João Doria anunciou que a partir do dia 23 de março haverá suspensão das aulas na rede estadual de ensino. Nas faculdades estaduais as aulas já estarão suspensas a partir de segunda-feira, dia 16 de março. A medida visa evitar a propagação do Coronavírus.

O governador explicou que a partir de segunda-feira, dia 16, os professores e diretores vão orientar os alunos como devem se prevenir. Todos os procedimentos serão explicados para os alunos e os pais devem se organizar para deixar os filhos com alguém.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que os avós são os mais vulneráveis ao Coronavírus e desaconselha deixar as crianças com eles nesse período em que a doença está se espalhando nas comunidades.

O ministro também pede para os idosos tomarem a vacina contra a gripe o mais rápido possível.

O governador Doria explicou que a suspensão das aulas na rede estadual será gradativa, para dar tempo dos pais se organizarem. Ele pede para as escolas particulares também suspenderem as aulas.

A Secretaria de Educação do Estado orienta os alunos a irem às escolas na próxima semana normalmente, porque serão passadas atividades à distância, se necessário com a utilização de aplicativos de celulares. É importante os alunos irem para as escolas, para receberem as orientações. Os pais que informarem à Escola que seus filhos já têm com quem ficar, podem ficar em casa com atividades. Durante a próxima semana será um período de orientações e aulas normais.

Em Jundiaí as faculdades ainda não receberam orientações do Governo para suspenderem as aulas. A cidade não possuí casos positivos.

O prefeito Luiz Fernando Machado disse em entrevista coletiva que “nesta sexta-feira, dia 13, Jundiaí não tem nenhum caso confirmado que justifique a suspensão das aulas”. Mas que o Comité de Prevenção ao Coronavírus está se reunindo constantemente e dependendo dos números outras medidas serão adotadas.

Unicamp suspende as aulas

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) informou que todas as atividades dos campi da instituição estarão suspensas até o dia 29 de março. Também ficam canceladas as viagens de docentes e funcionários da universidade e a recepção de visitantes. A decisão foi tomada em razão da pandemia do novo coronavírus.

Durante o período, as unidades exercerão apenas atividades essenciais. Quem irá definir quais funções se encaixam nessa classificação será um comitê de crise criado pela reitoria.

Em nota, a reitoria da Unicamp explica que cada órgão da instituição deverá definir um plano de contingência e encaminhá-lo ao comitê. Em breve, deverá ser divulgado outro comunicado, que detalhará o funcionamento dos serviços de saúde prestados por estudantes e profissionais da Unicamp em diversos locais, como o Hospital de Clínicas e o Hospital Estadual Sumaré.

A reitoria encerra a mensagem destacando que “novos comunicados sobre ações e medidas relacionadas à pandemia serão divulgados oportunamente”. A orientação é que a comunidade acadêmica acompanhe os anúncios pelo site oficial da Unicamp e pelos perfis que a instituição mantém nas redes sociais.