UBSs aumentam entrega de medicações

A Prefeitura de Jundiaí estabelece mais medidas de combate à circulação do Novo Coronavírus no Município. Desde o início da semana, a entrega de medicações nas farmácias das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Novas UBSs e Clínica da Família está sendo feita para o período de dois meses. A ampliação da cota de entrega das medicações de alto custo – de responsabilidade do Governo do Estado de São Paulo – também foi oficiada pela Unidade de Gestão de Promoção da Saúde. A medida foi determinada pela gestão estadual, que deve reforçar os estoques das centrais de abastecimento para que a distribuição possa ser feita às cidades.

“Jundiaí adota a postura preventiva de enfrentamento à infecção COVID-19, com a restrição da circulação de pessoas, e, consequentemente do vírus. A entrega de medicações para tratamento de dois meses nas nossas 35 Unidades Básicas de Saúde, Novas UBSs e Clínica da Família é especificamente para este fim. É importante que os filhos ou parentes devem fazer a retirada dos insumos para evitar a exposição dos idosos. Para isso, basta apresentar a documentação para a retirada (prescrição médica) e documento de identificação”, detalha o gestor Tiago Texera.

A medida vale para as medicações da chamada ‘cesta básica’ assim como para os psicotrópicos. O atendimento da Farmácia de Alto Custo, localizado no prédio da rua Marechal Deodoro da Fonseca, 836, também teve alteração no atendimento. Além do reforço no número de servidores para o atendimento ao público em 100% e ampliação da área do serviço para dois andares, a UGPS ampliou o espaçamento nas áreas de espera para evitar a proximidade entre as pessoas.

“Apesar da organização com horário agendado, a atenção à regra não tem sido seguida pelos usuários, causando acúmulo desnecessário de pessoas no local. Todos serão atendidos sem a necessidade de ida em horário antecipado ou aglomeração. Também é fundamental que os jovens façam a retirada, evitando o deslocamento dos idosos. Estamos lutando contra um inimigo invisível”, ressalta o gestor.