Juiz de Jundiaí mantém traficantes presos

O juiz de Jundiaí, Filipe Antônio Marchi Levada, do Plantão Judiciário do Fórum de Jundiaí determinou que dois homens presos pela Polícia Militar, por tráfico de drogas, fiquem na Cadeia, mesmo com o efeito da pandemia de Coronavírus.

O doutor Filipe Levada disse que o “Juízo não ignora o peculiar momento por que se passa. Contudo, a pandemia de saúde não justifica uma pandemia de criminalidade. Em liberdade, os presos colocaram e colocam em risco a ordem pública, agravando o quadro de instabilidade que há no País”.

Nesta semana o “Jornal da Região” publicou que mais de 1 mil detentos foram colocados em liberdade no sistema prisional do Estado, sob alegação de que corriam riscos de contrair o Coronavírus e cerca de 70 presos no País já estão contaminados.

A Defensoria Pública do Estado vem requisitando dos juízes que soltem do sistema penitenciário quem tem mais de 60 anos.

O doutor Filipe Levada disse ainda que no momento exige-se mais rigor na custódia cautelar, porque a população está “acuada e fragilizada no interior de suas casas, devendo ser protegidas, pelas forças públicas e pelo Poder Judiciário, contra aqueles que, ao invés de se recolherem, vão às ruas para delinquir”.