Ecologistas pedem fiscalização na Serra do Mursa

Um grupo de ecologistas de Várzea Paulista pede para a Prefeitura da cidade enviar fiscais na Serra do Mursa, principalmente aos finais de semana. Eles relatam que a área de preservação vem sendo utilizada indevidamente. Eles contam que estão ocorrendo migrações de grupos de áreas bloqueadas por causa da pandemia do Coronavírus, que passaram a cortar vegetação, além de deixar toda a mata suja com restos de lixo e das necessidades fisiológicas.

Os ecologistas contam que trabalham em conjunto com a Guarda Municipal, mas alguns proprietários de áreas estão permitindo a realização de eventos, como festas de músicas eletrônicas até de madrugada, cortes de árvores nativas para realização de fogueiras e outros danos ao meio ambiente.

Os ecologistas estão preocupados com as ocupações nos finais de semana e pedem ações do Poder Público.