Jundiaí acumula 35 mortes por Covid-19

A Prefeitura de Jundiaí informa que nesta terça-feira (19) o município atingiu 35 mortes por Coronavírus (Covid-19). Desde o início da pandemia 454 pessoas tiveram confirmação da doença.

As vítimas tinham mais de 60 anos. De acordo com o gestor de Saúde da Prefeitura, Tiago Texera, 7% da população que passa pelos testes rápidos estão dando positivo para a doença. A meta da Prefeitura é realizar 20 mil testes na população.

Falecidos

Os falecidos foram um homem, de 90 anos, portador de pneumopatia crônica, que foi internado No Hospital São Vicente de Paulo no dia 14/05 e o óbito foi registrado no dia 15/05 ainda como suspeito. A confirmação de COVID-19 foi recebida nesta terça-feira (19).

Mulher, 78 anos, portador de doença cardiovascular crônica, pneumopatia crônica e diabetes. Internada no dia 11/05 no Hospital São Vicente de Paulo e faleceu no dia 18/05, ainda suspeita. A confirmação de COVID-19 foi recebida nesta terça-feira (19).

Mulher, 60 anos, portadora de doença hematológica e hepatopatia crônica. Foi internada no dia 03/05 no Hospital São Vicente de Paulo e faleceu 18/05, ainda como suspeita para COVID-19. A confirmação foi recebida nesta terça-feira (19).

Homem, 73 anos, portador de doença cardiovascular crônica e nefropatia crônica. Foi internado em hospital particular no dia 04/05 e faleceu 11/05, ainda como suspeito para o Novo Coronavírus. O resultado positivo para COVID-19 chegou nesta terça-feira (19).

Com as mortes confirmadas, a cidade passa a contabilizar 35 óbitos positivos para COVID-19 desde o início da pandemia.

No relatório da Prefeitura, o bairro do Jardim do Lago “empatou” com o Anhangabaú em número de casos.

O gestor de Saúde disse que ainda tem gente que não acredita na propagação do vírus e deixa de usar a máscara de proteção facial.

 

Os números de leitos

O gestor de Saúde disse que muita gente está confundindo as coisas quando a Prefeitura divulga números de leitos utilizados.

Na rede pública do Hospital São Vicente de Paulo, existem 69 leitos exclusivos para Covid-19. Desse total, 41 estão ocupados.

Nas enfermarias, entre Público e Privado, há 135 pessoas aguardando resultados.

Na rede Privada não existe ala exclusiva para Covid.

O Privado tem 74% de ocupação dos leitos de UTIs (câncer, cardíacos, Covid, diabéticos, renais e outras doenças).

No Hospital Regional, que ficou na retaguarda, há leitos para pacientes de outras doenças isolados dos demais do São Vicente e, para emergência caso o limite de 69 leitos chegue ao fim.

No caso dos respiradores, 40% estão sendo usados na rede pública. Já no privado é de 18%.

Quem tiver dúvidas sobre a distribuição dos leitos pode solicitar informações na Prefeitura ou no Conselho Municipal de Saúde, que fiscaliza todos os trabalhos realizados pelos agentes da área.

RANKING

Os bairros com maior quantidade de casos confirmados são:

1º – Anhangabaú – 29 casos confirmados

2º – Jardim do Lago – 29 casos

3º – Vila Alvorada – 23 casos

4º – Vila Maringá – 21 casos

5º – Medeiros – 21 casos

6º – Jardim Samambaia – 19 casos

7º – Centro – 18 casos