Depois de 110 anos a Sapataria Central fecha as portas

A tradicional Sapataria Central, em frente da “Telefônica”, na rua Siqueira de Moraes, no Centro de Jundiaí, está encerrando as atividades depois de 110 anos de funcionamento.

Como outros comércios do município – atingidos pelo efeito Coronavírus -, a família Cavalli decidiu que não dava mais para continuar pagando aluguel e acumulando contas.

Os funcionários foram comunicados do encerramento das atividades.

Agora, a dona Wanda Cavalli, de 84 anos, está dando “plantão” à tarde, para entrega dos sapatos dos clientes que ainda estão no local.

Ela pede para todos irem buscar o mais rápido possível, para entregar o imóvel.

História

Criada em 1910, a Sapataria Central usou no início o nome de Sapataria Relâmpago. Já funcionou nas ruas do Rosário e Padroeira.

Dona Wanda herdou a sapataria e deu continuidade à tradição, sempre se preocupando com a qualidade dos serviços. Tinha cliente que ia na sapataria só para tomar café com ela e colocar a conversa em dia.

Aos poucos o Centro de Jundiaí vai perdendo lojas que ajudaram a fazer a história da cidade. Perdemos o Credi Nino, Papelaria Santa Terezinha, o Restaurante do Dadá e tantos outros estabelecimentos.

Recado da Dona Wanda

“Queridos Clientes e amigos da Sapataria Central. Infelizmente estamos encerrando nossas atividades definitivamente. Favor retirar os serviços de 2a a 6a feira, das 11 às 17h até 30-5-2020 ou entrar em contato pelo telefone 4586-6061”.