Jundiaí cai no Índice de Isolamento

O Governo do Estado divulgou na tarde desta terça-feira (26) novos números do Índice de Isolamento. Se for considerar a taxa de 47%, Jundiaí pode não ser “beneficiada” com redução da quarentena para a próxima segunda-feira (1º de Junho).

Pelo cálculo divulgado pelo Governo, os municípios precisam ter mais de 55% de isolamento para garantir liberação das atividades comerciais de forma “inteligente” (gradual). Além disso, as cidades não podem ter casos de óbitos frequentes de Covid e precisam possuir leitos sobrando nos hospitais. A Prefeitura de Jundiaí requisitou quartos do 12º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC), para poder se enquadrar nesse último quesito.

 

Reprodução da TV Globo-SP

 

A Central de inteligência analisa dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social.

O Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do Governo de São Paulo mostra que o percentual de isolamento social no Estado foi de 51% na segunda-feira (25).

A central de inteligência analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social. Com isso, é possível apontar em quais regiões a adesão à quarentena é maior e em quais as campanhas de conscientização precisam ser intensificadas, inclusive com apoio das prefeituras.

O sistema é atualizado diariamente para incluir informações de municípios e pode ser acessado no site http://www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/isolamento.

O SIMI-SP é viabilizado por meio de acordo com as operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e TIM para que o Governo de São Paulo possa consultar informações agregadas sobre deslocamento no Estado. As informações são aglutinadas e anonimizadas sem desrespeitar a privacidade de cada usuário. Os dados de georreferenciamento servem para aprimorar as medidas de isolamento social para enfrentamento ao coronavírus.