Fundo Social doa 14 mil fraldas e 10 mil máscaras

O Fundo Social de Solidariedade de Itupeva tem atuado diretamente nas ações de enfrentamento à pandemia do Coronavírus, apoiando à população em diversas iniciativas assistenciais, a fim de amenizar os impactos causados por esse momento de crise.

Os trabalhos foram intensificados, com intuito de arrecadar a maior quantidade de itens para serem revertidos de maneira emergencial.

Ao longo deste período de pandemia, mais de 14 mil fraldas foram doadas às famílias em vulnerabilidade que procuraram o Fundo Social de Solidariedade da cidade. Os itens foram arrecadados junto ao empresariado e outras várias organizações.

Além disso, mais de 10 mil máscaras de proteção individual foram confeccionadas e doadas à população, por meio de um trabalho voluntário.

Essas mesmas máscaras são entregues aos munícipes no próprio Fundo Social de Solidariedade e também por meio da ação da Prefeitura de Itupeva, denominada ‘Blitz Solidária contra a Covid-19’, que atua em locais de grande circulação de pessoas e também nos bairros, a partir da distribuição de informativos – com orientações sobre o Coronavírus – e máscara, sendo um item obrigatório, seguindo os protocolos sanitários e de saúde.

“Esse levantamento do Fundo Social de Solidariedade representa o esforço de toda equipe de trabalho e voluntários que, neste momento de crise, estão atuando e pensando sempre no próximo. Também não poderia deixar de agradecer o apoio que estamos recebendo do empresariado e das organizações. Afinal, nada seria possível sem a união de todos. Portanto, só posso demonstrar minha gratidão por toda generosidade que tem feito à diferença neste momento”, destacou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Dani Marchi.

Como ajudar
O Fundo Social de Solidariedade segue recebendo doações de alimentos não perecíveis, de tecidos para produção de máscaras, álcool em gel e demais itens, que serão revertidos à população.

Para quem tem interesse em apoiar as ações do órgão pode comparecer ao seguinte endereço: rua Professora Deolinda Silveira de Camargo, 100, no Jardim São Vicente, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Além disso, que tem o desejo de atuar como voluntário para confecção de máscaras de proteção individual, o Fundo Social de Solidariedade informa que os insumos são disponibilizados gratuitamente, para a produção na própria residência. No entanto, o interessado deve entrar em contato, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, pelo telefone (11) 4496-3131.