Justiça aceita denúncia contra prefeito de Campo Limpo

O Tribunal de Justiça do Estado aceitou Procedimento Investigatório Criminal contra o prefeito de Campo Limpo Paulista, Dr. Roberto Antônio Japim de Andrade. A denúncia é do Ministério Público da cidade referente à denúncia de utilização de motorista da Prefeitura para transporte em horário de trabalho da primeira-dama e do filho do prefeito.

Na época da denúncia o prefeito declarou que o servidor realizava transporte em horário de almoço.

Os vereadores de Campo Limpo Paulista montaram uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) em 2017 e comprovaram as denúncias votando pela cassação do prefeito, que recorreu da decisão.

Na denúncia do Ministério Público, o grupo de promotores diz que foi suspeita a anotação dos servidores dos horários de entrada e saída, porque sempre foi no horário correto, sem nunca ter ocorrido um atraso para entrada ou saída de serviço.

O relator Silmar Fernandes diz que há elementos para instauração do procedimento contra o chefe do Executivo de Campo Limpo Paulista e destacou que o MP não pediu o afastamento de Japim durante o processo.

A Assessoria do prefeito foi procurada, mas não respondeu ao pedido do jornal de informações.

Veja o despacho da Justiça:

DENUNCIA TRANSPORTE PARTICULAR – CAMPO LIMPO PAULISTA (1)