Serra do Japi registra grande número de visitantes

Leitor do “Jornal da Região” enviou foto da Estrada de Santa Clara, na região da Serra do Japi, com grande quantidade de visitantes neste domingo (02). Segundo o leitor a maioria dos veículos tem placas de outros municípios e muita gente caminhando sem o uso de máscaras.

A Guarda Municipal Florestal, com apoio de agentes de Trânsito e da Polícia Militar, tem feito constantemente operações na Estrada de Santa Clara, para orientar a população a usar máscaras.

Com o fechamento de parques muita gente tem buscado áreas rurais e da Serra do Japi, para lazer.

Capital

O governo de São Paulo vai reabrir a ciclovia da Marginal Pinheiros e quatro parques na capital e na região metropolitana a partir da segunda-feira, 3. O uso de máscara e distanciamento social continuam obrigatórios.

Veja o que reabre:

Ciclovia

A ciclovia da Marginal Pinheiros, área de 22 km de responsabilidade da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), foi fechada no início do período de quarentena, em 21 de março, e passou por um trabalho de melhorias e modernização.

Devido ao andamento do plano de melhorias da ciclofaixa, parte do trecho na Marginal leste ficará interditada na região da Ponte Euzébio Matoso até o dia 14 de agosto, informou o governo. Os ciclistas poderão acessar pela passarela da Cidade Universitária, ir até o Jaguaré e voltar ou acessar pelo Parque do Povo ou Vila Olímpia e ir até a Ponte Euzébio Matoso.

Parques

O governo estadual vai reabrir mais quatro parques na capital paulista e na região metropolitana para práticas esportivas individuais, como caminhada e bicicleta, mas também vai voltar a disponibilizar as quadras de tênis. O uso de máscara ainda é obrigatório e os frequentadores devem manter o distanciamento social.

Os parques Guarapiranga e Belém, na capital; o parque Gabriel Chucre, em Carapicuíba; e o Ecológico da Várzea, em Embu Guaçu, voltarão a abrir de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h. Ao todo, 14 parques foram reabertos no Estado de São Paulo.

Adiado

A reabertura gradual dos postos de atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não começará mais a partir desta segunda-feira. O prazo foi adiado para o dia 24 de agosto. Por enquanto, os atendimentos serão realizados apenas remotamente.

Segundo divulgou o Ministério da Economia, a reabertura vai considerar as especificidades de cada uma das 1.525 agências da Previdência Social no País. “Cada unidade deverá avaliar o perfil do quadro de servidores e contratados, o volume de atendimentos realizados, a organização do espaço físico, as medidas de limpeza e os equipamentos de proteção individual e coletiva.”