Foxconn apresenta totem de autoatendimento para a saúde

Um totem de autoatendimento equipado para medir a pressão arterial, batimentos cardíacos, oxigenação do sangue e temperatura, desenvolvido pela empresa Foxconn em Jundiaí: esse foi o equipamento que gestores do governo local conheceram em visita, nesta terça (4), à sede da empresa, no bairro do Engordadouro. A comitiva foi recebida pelo vice-presidente e controller, Paulo Sun, e por Valdeci Besson, diretor de Recursos Humanos; direto dos EUA, o presidente da Foxconn no Brasil, Henry Cheng, que participou por videoconferência.

O equipamento – chamado de Foxconn Healthkiosk – ainda está na fase de testes, sendo um produto desenvolvido totalmente aqui em Jundiai, como destacou o vice-presidente.. “Trata-se de um projeto pioneiro para diminuir filas e aumentar a efetividade do SUS, fazendo uma espécie de check-in de saúde e, ao mesmo tempo, uma triagem que irá definir casos de urgência”, afirmou Paulo Sun.

Coronavírus

Em apresentação à equipe da Prefeitura, o diretor de Recursos Humanos destacou que já foram investidos mais de R$ 1,3 milhão em medidas preventivas contra o coronavírus na empresa, incluindo adaptações nas linhas de produção e nas áreas e bancos para descanso, visando manter o distanciamento social, aquisição de luvas, máscaras etc. “As unidades da Foxconn em Jundiai e em Santa Rita do Sapucaí (MG) não pararam a produção”, confirmou ele. “Estamos tomando todas as precauções e tivemos, até o momento, 22 casos confirmados da doença”, disse Valdeci Besson. As duas unidades da Foxconn em Jundiai – uma das maiores empresas de eletroeletrônicos do mundo – contam atualmente com cerca de 3.400 funcionários.