Motoboy é preso por uso de documento falso

Um motoboy de 39 anos, que realizava entregas para um restaurante de Jundiaí foi preso na tarde deste sábado (15) pela Polícia Militar, no Distrito Industrial.

O entregador de marmitex foi flagrado por soldados do 11º Batalhão trafegando na contramão de direção da rua Mitsuzo Kondo.

Durante a abordagem os soldados da PM pediram os documentos.

O motoboy deu o Porte Obrigatório da motocicleta, mas não entregou de imediato a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), informando que “era pai de família” e precisava do emprego.

Os policiais militares checaram a documentação da moto e estava tudo em ordem. Porém, na consulta da numeração da CNH emitida no Estado de Goiás, não havia registros no sistema do Detran.

Os experientes policiais continuaram as buscas para tentar identificar a origem do espelho do documento e chegaram até um lote roubado do Detran de Minas Gerais.

Diante da situação os PMs conduziram o motoboy até o Plantão da Polícia Civil.

O entregador requisitou a presença de uma advogada para acompanhar o caso.

Na delegacia, o motoboy recebeu voz de prisão em flagrante pelos crimes de falsificação de documento e uso de documento falso, sendo recolhido ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

Esse é o segundo motociclista que vai parar na Cadeia na área do 11º Batalhão, nesta semana. Coincidentemente os dois trafegavam na contramão de direção e chamaram a atenção dos policiais militares.

Na outra ocorrência um motociclista era procurado da Justiça e trafegou na contramão de direção na Rodovia Vice-Prefeito Hermenegildo Tonoli, na região do Medeiros.