CPFL deixa placas de trânsito rebaixadas

O leitor do “Jornal da Região”, Otávio, reclamou que a CPFL Piratininga realizou troca de poste na rua Carlos Gomes, em Jundiaí e deixou as placas de sinalização de trânsito rebaixadas, em frente de escola. Ele disse que é um perigo, porque pedestres podem bater a cabeça ou se ferir.

O “JR” procurou a Divisão de Trânsito da Prefeitura de Jundiaí, que mandou equipe de manutenção ao local.

Segundo a Divisão a CPFL tem feito muito isso e às vezes deixa placas caídas no chão. Os funcionários só ficam sabendo quando a população avisa.

Em nota enviada ao “JR” a companhia informou que comunica os órgãos públicos e as companhias telefônicas de suas obras com datas e horários e mandaria a terceirizada realizar a manutenção correta das placas.

A Divisão de Trânsito rebateu as informações da CPFL e diz que não tem sido comunicada com antecedência dos serviços programados. Que já chegou até a fazer Boletim de Ocorrência na Polícia, pois houve desligamento de semáforos que poderiam causar acidentes graves, demonstrando que falta comunicação da CPFL com a Divisão operacional do trânsito de Jundiaí.