Fase Verde atualiza horários de espaços públicos

A partir desta segunda-feira (19), alguns equipamentos públicos de Jundiaí – como parques e Complexos Educacionais, Culturais e Esportivos (CECEs) – passam a contar com horários diferentes, por conta a atualização e consolidação do protocolo sanitário no enfrentamento à COVID-19.

A medida faz parte da reabertura dos setores da economia prevista na fase 4 (Verde) do Plano São Paulo, do Governo do Estado, e teve seus detalhes inseridos no decreto municipal 29.369, de 9 de outubro de 2020.

O Parque da Cidade, administrado pela DAE Jundiaí, e o Jardim Botânico, que até hoje funcionavam de segunda a sexta, das 7h às 16h (exceto feriados), estarão abertos também aos sábados, domingos e feriados, das 7h às 18h.

Os centros esportivos Helena Cestari (Vila Comercial) e José Brenna (Sororoca), no bairro Ponte de Campinas, anteriormente fechados, estarão abertos das 7h às 16h.

Já o CECE Dr. Nicolino de Lucca (Bolão), no Anhangabaú, funciona de segunda a sexta, das 6h às 22h; sábados, domingos e feriados, das 8h às 18h.

Os parques Botânico do Eloy Chaves, Botânico Prof. Aziz Ab’Saber (Tulipas), Antônio Garcia Machado (Jardim do Lago) e Ângelo Costa (Engordadouro) e a Praça Família Jundiaí & Espaço PET, na Av. 9 de Julho, permanecem abertos apenas das 7h às 16h de segunda a sexta, exceto feriados.

Os Jardins do Solar do Barão, no Centro, estão abertos das 9h às 17h de segunda a sexta (exceto feriados).

Dois centros esportivos tiveram horário mantido entre 7h e 16h: o CECE Francisco Dal Santo (Vila Rami) e o CECE Vanderlei Sperandio (Santa Gertrudes).

Protocolos sanitários
Vale ressaltar que as pessoas que frequentarem estes equipamentos públicos devem seguir os protocolos sanitários, como o uso obrigatório de máscaras e o respeito ao distanciamento social. Ficam permitidas somente atividades individuais ou de pequenos grupos (caminhada, ciclismo, aeromodelismo etc). Quadras poliesportivas, ginásios, churrasqueiras, quiosques e áreas de eventos deverão ser isolados e ter seus acessos proibidos.

Placas de orientação e totens de álcool em gel foram colocados nos espaços públicos para que os visitantes mantenham os hábitos de higiene e se previnam da contaminação do Novo Coronavírus.