Árvore cai e destrói carro em Jundiaí

A leitora Rita Rios enviou foto de uma árvore que caiu sobre carro na Avenida Comendador Luiz Aiello, em frente ao número 380, no bairro da Vila Maringá, em Jundiaí.

Rita disse que desde 2015 tem feito solicitação no telefone 156 para que a árvore fosse cortada, até que caiu sozinha nesta terça-feira (27).

Há muitos pedidos na Prefeitura de Jundiaí para podas ou cortes de árvores. Segundo os funcionários do setor existe uma lei que impede o corte imediato e deve ser feito um processo interno seguindo uma série de regras, até a realização do trabalho.

Até uma lei aprovada na Câmara de Vereadores obriga a Prefeitura a publicar na Imprensa Oficial o endereço das árvores que devem ser podadas com prazos para ambientalistas contestarem.

No Terminal Central, segundo a Prefeitura, todas as árvores da Praça da Bandeira pertencem ao “Patrimônio” e há necessidade de avaliação do impacto, a cada poda ou modificação.

No cruzamento das ruas Petronilha Antunes x Coronel Leme da Fonseca, há galhos baixos, obrigando pedestres a irem para rua – correndo risco de serem atropelados.