Mulheres de presos são revistadas em CDPs

As visitas a presos do sistema penitenciário voltaram neste final de semana, com uma série de regras para evitar a propagação do Coronavírus. Além disso, o Batalhão de Ações Especiais (Baep) da PM tem feito operações para evitar o transporte de drogas para os presídios.

Em vídeo, os policiais mostram como tem sido o trabalho de revista nas portas dos centros de detenções.

Algumas mulheres contaram que o mais importante agora é rever os parentes e a emoção tem sido grande. Elas contaram que são poucas as pessoas que levam entorpecentes para presos. A maioria cumpre as regras.

Saiba mais sobre as regras para a visita nos presídios

– As visitas presenciais serão aos finais de semana, com a alternância de pavilhões habitacionais e avaliação dos dados de controle da evolução da pandemia pelas unidades prisionais e Comitê de Crise, considerando eventual aumento de casos suspeitos e confirmados entre os reeducandos (as) e servidores

– As visitas serão por um período máximo de 2 (duas) horas, das 9h às 11h e das 13h às 15:00h

– As visitas ocorrerão mediante divisões de pavilhões pares e ímpares, começando com os pavilhões PARES (em um final de semana) e depois os ÍMPARES (no outro final de semana), da seguinte forma: No sábado, reeducandos (as) habilitados com finais de matrículas impares, divididos em dois períodos, conforme segue: 1 – Período da manhã: das 9h às 11h, matrículas finais 1, 3 e 5. 2 – Período da tarde: das 13h às 15h, matrículas finais 7 e 9. No domingo – reeducandos (as) habilitados com finais de matrículas pares, divididos em dois períodos, conforme segue: 1- Período da manhã: das 9h às 110h, matrículas finais 0, 2 e 4. 2- Período da tarde: das 13h às 15h, matrículas finais 6 e 8. Seguindo esta regra nos demais finais semana subsequentes

– Os Centros de Ressocialização serão considerados pavilhão único, sendo as visitas realizadas em finais de semana intercalados e aos sábados com reeducandos (as) com matrículas com final ímpar e domingos matrículas com final par

– Será disponibilizado, no site da SAP um calendário orientador de visitas mensais, garantindo ampla divulgação aos familiares

– Restrita a apenas 01 (uma) pessoa por reeducando, devidamente cadastrada no rol de visitas e que esteja em faixa etária compreendida entre 18 e 59 anos, não pertencentes ao grupo de risco definido por órgãos de saúde

– Para ingresso na Unidade Prisional, o visitante passará por aferição da temperatura corporal e saturação. Caso o visitante apresente sinais clínicos de quaisquer enfermidades, bem como se a temperatura corporal estiver acima de 37,2° e/ou saturação abaixo de 90%, a visita não será permitida

– O visitante deverá portar somente a carteirinha de visitante e documento de identificação com foto, sendo vedada a entrada de quaisquer outros objetos, como bolsas, mochilas, sacolas e similares, gênero alimentício, itens de higiene, itens de vestuário, etc

– Portadores de necessidades especiais (PNE), terão permitido o ingresso na Unidade Prisional condicionados a apresentação de laudo médico que comprove o não pertencimento ao grupo de risco

– As visitas íntimas permanecem suspensas

– Será obrigatória a higienização das mãos com álcool 70% e passagem por mecanismos de higienização dos calçados

– Obrigatório o uso de máscara durante todo o período de permanência na unidade prisional

– As revistas deverão ocorrer pelo bodyscan e demais equipamentos tecnológicos disponíveis, obedecendo normas e regulamentações do Regimento Interno das Unidades Prisionais do Estado de São Paulo – Resolução SAP 144 de 29/06/2010

– Os visitantes deverão se submeter às condições instaladas nas unidades prisionais, como filas de entrada e saída, filas de transição interna, entre outros

– Não serão permitidos quaisquer contatos físicos entre custodiados e visitantes, sujeitando o descumprimento às medidas de suspensão temporária de visitação do reeducando(a) e/ou visitante

– O Projeto Conexão Familiar, Fase 1 – Correspondências Virtuais, permanece sem alterações

– O Projeto Conexão Familiar, Fase 2 – Visitas Virtuais, no primeiro momento, será interrompido para atendimento pleno das normas de segurança próprias das visitas presenciais