Palmeiras tem 22 infectados com Coronavírus

O surto de covid-19 no elenco do Palmeiras segue crescendo e dando mais problemas para o técnico português Abel Ferreira. Nesta sexta-feira, o clube alviverde anunciou que mais cinco atletas foram infectados pelo novo coronavírus, fazendo com que o número de casos subisse para 22 – sendo 20 jogadores e dois membros da comissão técnica.

“Os atletas Raphael Veiga, Willian, Aníbal, Breno Lopes e Alan testaram positivo para COVID-19 nos exames realizados entre quarta (18) e quinta-feira (19). Todos foram isolados e estão sob acompanhamento dos médicos do NSP (Núcleo de Saúde e Performance)”, informou o Palmeiras em suas redes sociais e em seu site oficial.

Dos 15 primeiros casos de covid-19, apenas o zagueiro Luan, nesta quinta-feira, já retornou aos treinamentos. Após um dia de folga por conta da viagem a Fortaleza para o jogo contra o Ceará, pela Copa do Brasil, o elenco do Palmeiras se reapresentou nesta sexta na Academia de Futebol, em São Paulo, para o único treinamento visando a partida deste sábado contra o Goiás, em Goiânia, pelo Campeonato Brasileiro.

Seguindo o padrão de ficar 10 dias em isolamento, o lateral-direito Gabriel Menino, convocado para a seleção brasileira, testou positivo em exame feito no último dia 11 e poderá retornar aos trabalhos neste domingo. O volante Danilo e os atacantes Rony e Gabriel Silva, se não apresentarem sintomas, poderão seguir o mesmo prazo e serem liberados na segunda-feira

Os jogadores diagnosticados nos exames após o jogo contra o Fluminense – casos de Jailson, Vinicius Silvestre, Alan Empereur, Benjamín Kuscevic, Gustavo Scarpa, Gabriel Veron, Jean Carlos Quiñonez, Marino Hinestroza e Pedro Acácio -, no último dia 14, poderão retornar durante a próxima semana.

O mesmo prazo segue para o lateral-esquerdo Matías Viña, que teve resultado positivo divulgado pela seleção do Uruguai no dia 15 e desde então cumpre isolamento em seu país.