Morre em Jundiaí a escritora Nemêsis Rossi Cossi

Morreu neste sábado, no Centro de Jundiaí, a escritora Nemêsis Rossi Cossi, de 96 anos. Ela publicou quase 20 obras e ganhou vários prêmios de literatura.

Nêmesis Rossi Cossi nasceu em Bocaina, em 1924, transferindo-se para Jundiaí no início dos anos 1940.

Em sua trajetória, escreveu dezesseis romances, além de dezenas de contos, adultos e infantis.

O seu corpo será sepultado neste domingo (13) às 9 horas no Cemitério Parque dos Ipês.

A Carreira

1982 Premiada pela Organização Internacional da Cultura
1984 Poetisa convidada pela Academia Feminina de Letras e Artes de Jundiaí
1991 Premiada e agraciada com o grau de confrade pela Ordem da Confraria dos Poetas
1992 Prêmio “Destaque Especial” no Concurso Nacional (Grupo Brasília) de Comunicação – DF
1992 Integrou a antologia Contos do Brasil Contemporâneo (vol. X), Brasília-DF
1995 Edição do romance Além do Futuro
1997 Premiada, sucessivas vezes até 2001, no Concurso Literário de Araçatuba
2000 3º lugar – Concurso da Academia Ponta-Grossense de Letras e Artes (APLA)
2004 Certificado – Concurso Banco Real – Talentos da Maturidade

Outras Obras da Autora
A MÁSCARA DA REALIDADE
ALÉM DO FUTURO (editado)
ANA
ELAS VOLTARAM
ESPUMA BRANCA
FECHADO A QUATRO CHAVES
MEXENDO NO DESTINO
MINHA AMADA COLETTA
O DOSSIÊ DOS ASILADOS
O GUINCHO DO RATO
ORDEM DO TEMPO
PARA QUE SERVE UM VELHO
QUANDO AS ESTRELAS CAEM

DOIS CONTOS:
Férias sem volta
E Lúcia voltou
VÁRIOS CONTOS

CONTOS INFANTIS:
Se as borboletas falassem
O ratinho esperto
Galo Ricó
Kaogá, a oncinha
O fantasma Kaolo
Quatro amigos