Menina de 9 anos é estuprada pelo pai da amiguinha

A Polícia Militar recebeu solicitação via 190 informando que uma criança estava na UPA Vetor Oeste com intenso sangramento no órgão genital. Uma equipe policial fez contato com a criança na UPA, que à princípio negou a violência sexual, pois o autor a ameaçou de morte caso ela contasse sobre o crime para alguém. Mas logo não conseguiu sustentar e informou que havia sido violentada pelo seu vizinho, pai de uma amiga, quando foi brincar na casa dela.

Por esse motivo as equipes policiais diligenciaram até a casa do malfeitor, cercaram o local, mas o infrator não estava lá. A casa foi periciada pois havia sangue no local.

Logo após a saída das equipes da residência, o autor do estupro voltou. Os vizinhos que haviam sido orientados a ligar 190 caso ele voltasse cumpriram com seu papel e solicitaram a presença policial.

Antes da chegada das equipes na residência o infrator já havia saído, mas não conseguiu fugir porque durante diligência das equipes, a viatura 11205 o localizou na Estrada Municipal do Varjão, e ele havia trocado de roupas e estava com R$ 850,00 com a intenção de fugir da cidade.

O malfeitor foi apresentado no plantão policial de Jundiaí. O homem de 64 anos permaneceu à disposição da Justiça.

Por causa da gravidade dos ferimentos a criança foi transferida ao Hospital Universitário de Jundiaí onde passou por procedimento cirúrgico e permaneceu internada.

Segundo o tenente Iuri, do 11° Batalhão, é muito importante a participação da comunidade. “Se você souber de algum crime, qualquer irregularidade, não se cale, denuncie, ligue 190 ou 181.”

Trabalharam na ocorrência:
11205 Cb PM Alan e Sd PM Alberto

*Apoio*
1° Tenente PM Iuri, Sd PM Franco e Sd PM Ramires

1° Sargento PM Silvio, Sd PM Augusto e Sd PM Maciel

Cb PM Pedreira e Sd PM Priscyla

Cb PM Sílvio e Sd PM Lage