Emocionado, paciente alemão escreve carta de elogio ao HSV

Há quem diga que a linguagem do amor é universal e muito além da frase, existem atitudes que provam a veracidade do ditado. A cultura e o idioma não foram empecilho para que o Sr. Bernd Schumann, de 82 anos, enchesse de elogios a equipe assistencial do Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV). De nacionalidade alemã, o paciente mora no Brasil há oito anos com a esposa Lúcia Helena P. Schumann, e compareceu a unidade de saúde para realizar exames. Infelizmente, durante o atendimento, a equipe identificou uma patologia no pâncreas, o que manteve o paciente internado por 14 dias.

“Ele se sentiu mal, percebemos uma aparência meio amarelada e inicialmente foi por isso que fomos até o São Vicente. Depois ficamos sabendo desse outro probleminha, mas com sorte nada grave. Durante esse período nós tivemos uma ótima experiência com o hospital. O atendimento é melhor do que hospitais particulares, a equipe é maravilhosa, nota mil. Nós vimos o quanto esses profissionais trabalham, a correria que é, e ao mesmo tempo o carinho com que eles tratam os pacientes”, conta Lúcia.

A esposa conta que Bernd ficou tão encantado e grato, que escreveu de próprio punho a carta de agradecimento em alemão e buscou no Google a tradução para o português. O registro foi entregue para a equipe e transformou o dia dos profissionais, como compartilha a enfermeira, Mônica de Paulo Marcelino da Silva. “A maior parte do tempo a comunicação era feita com a dona Lúcia, mas ele arriscava algumas palavras em português. Quando teve alta, o Sr. Bernd falava em nossa língua, “muito obrigado”, disse que gostaria de ter nos homenageado já no Natal, mas não deu tempo. Todos da Clínica Cirúrgica I, onde ele ficou internado, ficaram muito surpresos e contentes. É uma unidade muito dinâmica, então é normal que a equipe sempre esteja numa rotina intensa, por isso foi tão importante recebermos esse reconhecimento, essas palavras ditas de forma tão carinhosa”.