Vigilante é assassinado no Novo Horizonte

O vigilante Clóvis Esperidião da Silva, de 52 anos, morador no Jardim Novo Horizonte, foi assassinado na noite de sábado (09), por volta das 22 horas, na Estrada Municipal do Varjão, 2.420. Outro homem que estava próximo da vítima também foi baleado e está internado no Hospital São Vicente de Paulo. Ele tem 39 anos, é pintor e reside na Rua Oito. O autor do crime já foi identificado e é procurado pela Polícia de Jundiaí.

Segundo as primeiras informações passadas à Polícia Civil, o autor teria sofrido uma tentativa de homicídio – sem registrar a ocorrência na Delegacia, na última sexta-feira (08).

O autor foi ao local onde havia algumas testemunhas e disparou vários tiros, matando o vigilante e ferindo o pintor.

O carro do autor do homicídio acabou sendo incendiado por desconhecidos, logo após os fatos. O veículo era um Kia Soul.

A delegada Renata Yumi Ono, do Plantão Policial de Jundiaí comunicou o caso à Delegacia de Investigações Gerais (DIG), para apurar todos os fatos e tentar localizar o autor.