Jundiaí está preparada para receber a vacina contra a COVID

O Brasil vivencia a expectativa da liberação das doses de vacinas contra a COVID-19. Jundiaí, que desde o ano passado tem se estruturado para garantir o atendimento à população, aguarda a chegada dos imunizantes para desencadear o Plano Municipal de Imunização. Na manhã desta quinta-feira (14), o Prefeito Luiz Fernando Machado vistoriou uma das estruturas de armazenagem de vacinas do município, que tem condições de estoque superior a 140 mil de imunizantes.

“Jundiaí tem expertise em vacinação. Nossa equipe de Saúde fez um excelente trabalho na atuação contra a Febre Amarela e a cidade foi exemplo no combate à doença no Brasil. Estamos com expectativa para a liberação das vacinas, seja a CoronaVac ou da Astrazeneca/Oxford, para iniciar a imunização. Para que tenhamos resultado eficaz de proteção à população, precisamos de ao menos 80 mil doses de vacinas”, detalha o prefeito Luiz Fernando Machado.

De acordo com a gestora adjunta da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Dayane Martins, a cidade já investiu cerca de R$ 500 mil na renovação das câmaras de armazenamento de vacinas – 5 equipamentos com capacidade para 1,5 mil litros cada e mais 30 novas já compradas e que serão entregues – , além de R$ 14 milhões em infraestrutura da Atenção Básica ao longo dos últimos anos. “Contamos com estrutura completa de atendimento. Para facilitar o acesso da população às doses da vacina contra a COVID-19, teremos pontos estratégicos espalhados pela cidade”, adianta.

O início da vacinação é esperado para o dia 25 de janeiro, no atendimento aos profissionais da saúde e seguindo para o público idoso acima de 75 anos. O cronograma de vacinação dessa primeira etapa, que contempla idosos a partir de 60 anos, se encerra em 29 de março.