DIG prende tarado que importunava adolescentes

Policiais Civis da equipe “Apolo IV” da Delegacia de Investigações Gerais de Jundiaí – DIG detiveram um funcionário de empresa de São Paulo de 49 anos por importunar sexualmente mulheres pela cidade, principalmente adolescentes.

Constam pelo menos dois boletins de ocorrência em que um homem, a bordo de um veículo Renault/KWID de cor branca parava em bairros da cidade e chamava moças e adolescentes, atraindo-as para o carro.

Ele se tocava com o órgão genital para fora e as aliciava, convidando para entrar no veículo.

De posse dos boletins de ocorrência, os Policiais Civis da DIG passaram a realizar procedimento de investigação.

A pedido da Polícia o “Jornal da Região” esperou a prisão, para não atrapalhar nas investigações.

Buscas

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) ouviu as vítimas e encaminhou o caso para a DIG. Através de câmeras particulares de monitoramento, os policiais conseguiram identificar a placa do veículo utilizado pelo indivíduo.

O carro identificado era locado para uma empresa da cidade de São Paulo.

Diversas diligências foram realizadas para que fosse identificado o motorista suspeito e seu local de trabalho, bem como para verificar se o indivíduo estava de posse do veículo nas datas dos crimes.

Os Policiais Civis da DIG oficiaram o Sistema de Monitoramento da GM de Jundiaí para auxiliar na localização do veiculo sendo que nesta data foi possível realizar a abordagem.

Na sede da Delegacia de Investigações Gerais o individuo foi formalmente reconhecido pelas vítimas e indiciado.

Por não se tratar de flagrante delito, o indivíduo foi liberado para responder em liberdade, sem prejuízo de decretação de prisão posterior pelo Poder Judiciário.

Ainda existem mais dois casos semelhantes. Um deles de carro azul que abordou mulheres no ponto da rotatória da Avenida Jundiaí utilizando o mesmo artifício e outro na cidade de Cabreúva.