Louveira decide abrir Hospital de Campanha

Começa a funcionar nos próximos dias o Hospital de Campanha que a Prefeitura de Louveira vai disponibilizar para a população durante o período de agravamento do quadro da pandemia de Coronavírus na cidade.

O hospital está sendo montado no CRL (Centro de Reabilitação de Louveira), que fica ao lado da Santa Casa, principal referência para atendimento da doença no município. As obras de adequação no local já estão em andamento.

A unidade terá 10 leitos de enfermaria com capacidade para atendimento de casos de menor complexidade da covid-19. Terá também dois consultórios e uma sala de observação, e vai contar com profissionais altamente treinados para a linha de frente de combate à doença.

O local é estratégico, por estar ao lado da Santa Casa e oferecer facilidade de retaguarda em casos como, por exemplo, a necessidade de um raio x ou tomografia para avaliar o quadro do paciente. Nesses casos, não será preciso deslocamento. O atendimento será mais rápido e confortável.

Para receber o Hospital de Campanha, o CRL vai passar por adequações físicas que vão garantir que não haverá contato de pacientes com suspeita de covid com os demais frequentadores do local. A entrada dos pacientes será exclusiva e toda a área reservada ficará isolada dos outros setores.

Com o Hospital de Campanha, a Prefeitura de Louveira amplia a capacidade de atendimento de casos de covid-19 na cidade no momento em que todo o país observa o crescimento de notificações da doença. A medida foi uma determinação do prefeito, Estanislau Steck (PSD), para ser adotada logo nos primeiros dias de seu governo.

“A doença é uma realidade e não podemos ficar inertes. Temos que garantir o atendimento para a nossa população nesse momento de pandemia, e estamos fazendo isso com a ampliação dos leitos e a ativação de um Hospital de Campanha adequado e funcional em um prazo extremamente curto, com menos de um mês de governo”, disse o prefeito.

O secretário de Saúde, Eduardo Menezes, afirmou que a prevenção será, por algum tempo, uma importante ferramenta para controle da doença.

“As projeções indicam que vamos vacinar apenas 25% da nossa população em 2021. Para termos uma imunidade de rebanho, esse número teria estar próximo de 70%. Dessa forma, estamos projetando um ano dramático e a necessidade de trabalharmos na prevenção para tentar controlar a doença na cidade”, disse.

Essa capacidade será ampliada nesta semana com a entrada em operação de cinco novos leitos de UTI na Santa Casa exclusivos para casos de coronavírus anunciados no começo da atual administração.

A Secretaria de Saúde contratou cinco aparelhos respiradores para a instalação, e com isso vai dobrar a capacidade de atendimento de casos mais graves da doença, que atualmente é de cinco leitos exclusivos.

Atendimento

Para atendimento, os pacientes com sintomas gripais devem se dirigir ao CRL assim que ele estiver em operação.

“Precisa ficar muito claro para a população que as equipes que vão trabalhar no Hospital de Campanha são altamente qualificadas para realizar esses atendimentos, além de termos uma estrutura muito semelhante ao que existe na Santa Casa, com todas as condições técnicas necessárias”, disse Natália Teixeira, responsável pela gestão da Santa Casa.

Segundo ela, os casos em que houver agravamento do quadro podem ser transferidos também com maior agilidade para a UTI do hospital.

Comitê

O prefeito e o secretário de Saúde participaram, na manhã desta segunda-feira (25), do lançamento do Comitê Municipal de Combate à Covid-19, na Secretaria de Saúde. Integram o comitê, além do pessoal da Saúde, servidores de diferentes áreas da Prefeitura, como Assistência Social, Desenvolvimento Econômico, Educação, Governo, Cultura e Esportes, entre outras, além de profissionais da Santa Casa.

O comitê vai se reunir semanalmente para discutir o cenário da pandemia em Louveira, sob as diferentes óticas de cada secretaria, e para definir as ações adotadas para manter a doença sob controle.

Casos

Segundo dados da Secretaria de Saúde, desde o começo da pandemia foram confirmados 1.560 casos de covid-19 em Louveira. Ao todo, 1.483 desses pacientes se curaram (95% dos casos).

Hoje, a cidade possui 48 pessoas com a doença, sendo que 43 estão em isolamento em suas casas, com casos mais leves, e cinco seguem internadas na Santa Casa (3 delas em UTI). Outras 29 pessoas já morreram.

Prédio

O projeto inicial da Prefeitura era de instalar esse hospital de Campanha em um módulo não utilizado das obras de ampliação da Santa Casa, que estão paralisadas desde a gestão anterior. Mas um laudo apresentado ao Município questiona as condições da estrutura da edificação, e por isso ela foi descartada.

“Vamos contratar uma empresa de ponta para nos entregar um laudo especializado para sabermos exatamente as condições desse prédio. Mas, enquanto isso, tivemos que mudar o nosso foco, já que a instalação do Hospital de Campanha é emergencial, tinha que ser resolvida de imediato”, disse o prefeito.

Endereço:

O Hospital de Campanha vai funcionar na Av. Arthur de Souza Sygel, 400 – Jardim Vera Cruz, Louveira.