Jundiaí inicia vacinação dos profissionais da saúde e idosos de ILPIs

Com a chegada de 3.660 doses de vacinas Oxford/AstraZeneca – no final da tarde desta terça-feira (26), a Prefeitura de Jundiaí dará continuidade à oferta da primeira dose aos profissionais de Saúde que atuam nos hospitais – públicos e particulares – bem como atenderá aos públicos de idosos moradores em Instituições de Longa Permanência (ILPIs) e aos profissionais de saúde desses serviços. A distribuição das doses será feita na quarta-feira (27), com previsão de início de imunização no período da tarde.

“A ampliação na oferta das doses de imunizantes contra a COVID-19 é fundamental para a retomada da economia e da redução dos casos graves que demandam por internação. Os idosos institucionalizados foram determinados como prioridade pelos planos de imunização. Com a chegada de mais doses, os demais públicos também serão contemplados”, explica o prefeito Luiz Fernando Machado, lembrando da necessidade de manter as medidas preventivas como o uso de máscaras, intensificação da higienização das mãos, distanciamento e manutenção dos ambientes bem ventilados.

De acordo com a Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), a imunização tem o foco nos públicos mais vulneráveis e mais susceptíveis à contaminação pelo trabalho. A enfermeira da Vigilância Epidemiológica (VE), Maria do Carmo Possidente, afirma que “com as doses recebidas será possível ampliar o quadro dos trabalhadores nos hospitais a ser imunizados, já que a linha de frente foi vacinada na primeira entrega. Os idosos de instituições e os profissionais desses serviços também estão sujeitos à contaminação e evolução para os quadros complicados da doença”, explica.

Distribuição

Com a chegada das doses no final da tarde desta terça-feira (26), a distribuição será feita na manhã de quarta-feira (27). A imunização com a dose da vacina Oxford/AstraZeneca será iniciada no período da tarde. “Os hospitais contam com os planejamentos próprios, em virtude dos plantões e horários de trabalho diferenciados”, detalha a enfermeira.

“Jundiaí se preparou para a campanha de imunização com a aquisição de câmaras frias e insumos necessários para a vacinação contra a COVID-19. Para suprir a demanda dos primeiros grupos prioritários, ou seja, profissionais da Saúde e idosos acima de 60 anos, serão necessárias cerca de 150 mil doses, já contabilizando as duas doses necessárias para a imunização”, comenta o gestor da UGPS, Tiago Texera.