Homem que ameaçava mulher é baleado após resistência

Um homem de 33 anos foi baleado por soldados da Polícia Militar no Jardim América, em Campo Limpo Paulista, na tarde de terça-feira (16), depois de manter por várias horas a ex-mulher, de 44 anos e dois filhos dela como reféns, ameaçando-os de morte.

De acordo com informações passadas à Polícia Militar, a vítima estava sob cárcere privado durante a tarde e havia queixas de agressões antigas da vítima na Polícia Civil, além de Medida Protetiva da Justiça.

A PM foi acionada para atender a ocorrência. Houve negociação, mas a todo instante o indivíduo dizia que iria matar todo mundo.

Sem alternativa e diante da iminência de atirar contra a vítima, os policiais reagiram e atiraram contra o ex-marido que ameaçava a mulher.  A faca utilizada por ele e a arma foram apreendidas.

Após ser baleado o autor foi socorrido ao Hospital de Clínicas do município, onde passa por cirurgia.

Nesta semana o “Jornal da Região” trouxe outro caso de mulher que era mantida em cárcere em residência de Campo Limpo Paulista.

O autor foi preso e levado para a Cadeia da cidade.

PM liberta mulher vítima de cárcere e recupera moto roubada