Vereadores da região vão cobrar melhorias na Marginal

Na próxima terça-feira, 2 de março, vereadores das Câmaras de Jundiaí, Várzea Paulista e Campo Limpo Paulista, irão votar simultaneamente moção de autoria de todo o colegiado de cada Casa em apelo ao Governo do Estado de São Paulo pela urgente manutenção, revitalização e realização de obras na Marginal do Rio Jundiaí. Nesta semana o “Jornal da Região” mostrou que o pavimento está crítico e usuários sofrem com danos aos veículos.

Assim que aprovados, os documentos serão enviados ao Palácio dos Bandeirantes e às autoridades responsáveis. A iniciativa é uma das primeiras ações de movimento feito pelos sete presidentes das Câmaras do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ) para cobrar soluções a problemas que não dependem dos municípios isoladamente. A princípio, as moções partiram de três Casas Legislativas, mas ação semelhante deve ser feita nas demais.

“Sabemos que esse é um problema antigo, já reivindicado por muitos colegas vereadores, mas infelizmente há anos estamos nesse impasse sem melhorias. Diariamente vemos as notícias a respeito da estrada que é um risco para a população. É nossa obrigação tentarmos quantas vezes for necessário algum convênio e parceria que possam resolver”, afirma o presidente da Câmara de Jundiaí, Faouaz Taha, que esteve recentemente tratando do assunto com os presidentes das Câmaras de Várzea, Mauro Aparecido, e de Campo Limpo Paulista, Diego Ito.

Faouaz adianta que, além das moções, no próximo dia 11 de março, às 9h30, será realizada uma reunião entre os sete presidentes de Legislativo do AUJ, com todos os protocolos de segurança da pandemia, na Câmara de Jundiaí. “O objetivo é iniciarmos uma agenda comum e frequente entre as Câmaras para tratarmos de outros problemas regionais. Faremos uma pauta conjunta para também levar ao secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi”, diz o vereador.

Leitor gasta quase R$ 1 mil por causa de buraqueira na Marginal