Sindicato do Comércio reforça que lojas não são vilãs da pandemia

O Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomercio) e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Jundiaí (CDL) lamentam e se preocupam com o regresso de Jundiaí para Fase Laranja do Plano São Paulo de flexibilização econômica.

A Prefeitura de Jundiaí publicou na noite de sexta-feira (26) o Decreto Municipal 29.776 com as diretrizes da Fase Laranja válida a partir desta segunda-feira (01/03).

Pelas regras válidas, restaurantes, comércios, shoppings, galerias, lojas de conveniência, salões de beleza e academias podem funcionar das 06h às 20h, com 40% de capacidade de ocupação em todos os setores e funcionamento de no máximo 8 horas por dia. Bares com atendimento presencial não podem abrir. Confira o decreto na íntegra: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2021/02/26/fase-laranja-passa-a-vigorar-a-partir-de-segunda-em-jundiai/

“A análise é de pesar, pois essa nova restrição de funcionamento trará consequências ao desenvolvimento econômico do comércio e de outros setores. Os empresários seguem cumprindo os cuidados necessários, se adequaram a realidade visando a segurança de todos. Reforçamos que o comércio não é o vilão da pandemia. Infelizmente os comportamentos de risco têm contribuído para o aumento de casos , o que é muito preocupante, e cabe a nós reforçar a necessidade de cumprir rigidamente os protocolos vigentes”, pontua Edison Maltoni, presidente do Sincomercio e da CDL Jundiaí.