Morre assaltante que tentou roubar PM aposentado

Morreu no Hospital São Vicente de Paulo, em Jundiaí, um rapaz de 25 anos, morador no bairro do Botujuru, em Campo Limpo Paulista, que tentou roubar um policial militar aposentado e o filho dele, na Avenida Ipiranga, no Jardim Primavera, em Várzea Paulista, na noite do dia 6 de janeiro.

Naquela noite, por volta das 21h40, pai e filho seguiam para os seus veículos depois de irem a uma feira livre.

Cada um estava entrando em seu carro, quando surgiram dois assaltantes que renderam pai e filho simultaneamente.

O policial militar aposentado relatou ao delegado Ruiter Martins da Silva, da Polícia Civil de Várzea Paulista, que ao se sentar no banco do motorista um assaltante jovem abriu a porta do passageiro apontando uma arma em seu peito e dizendo “perdeu, vai morrer”.

Ao perceber que o filho também estava sendo roubado, o PM sacou de sua arma e o assaltante começou a correr. Ele disparou várias vezes.

O rapaz, até então desconhecido, foi socorrido por uma ambulância da Prefeitura de Várzea Paulista ao Pronto Socorro do Hospital São Vicente de Paulo, onde passou por cirurgia e ficou internado. O outro assaltante fugiu.

Familiares souberam que o rapaz tinha sido baleado e foram até o hospital. Por meio de fotografia ele foi reconhecido e qualificado pela Polícia Civil de Várzea Paulista.

O delegado Ruiter determinou aos investigadores que tentem descobrir quem era o comparsa na data dos fatos.

O delegado do Plantão Regional da Polícia Civil em Jundiaí, Roberto Souza Camargo Júnior, determinou o registro do óbito do assaltante e o encaminhamento do corpo ao Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí para ser necropsiado.

 

%d blogueiros gostam disto: