Sincomercio propõe férias antecipadas para empregados do comércio

O Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí (Sincomercio) divulgou, na tarde desta quinta-feira (11), que enviou ofícios para o Sindicato dos Empregados no Comércio de Jundiaí e Região (Sincomerciários) com o propósito de acordo coletivo.

O objetivo é proteger empresas e empregados neste momento tão delicado em que o País vive por conta da pandemia do Coronavírus. Nos documentos, o Sincomercio, presidido por Edison Maltoni, solicita as seguintes medidas:

  • Antecipação de férias do colaborador;
  • Suspensão do contrato de trabalho;
  • Plano de compensação de jornada fixa;
  • Banco de horas negativo;
  • Afastamento imediato dos trabalhadores considerados grupos de risco e gestantes
  • Redução da jornada de trabalho.

De acordo com a entidade, aguarda posição do Sincomerciários de Jundiaí e Região, presidido por Milton de Araújo para oficializar as decisões.