A despedida ao caminhoneiro Hélcio, de 39 anos

O caminhoneiro Hélcio Barbosa, de 39 anos, morador no bairro do Fazenda Grande, em Jundiaí, lutou contra a Covid-19 nos últimos dias. Na manhã desta sexta-feira ele será sepultado no Cemitério Nossa Senhora da Piedade, em Várzea Paulista.

A família relembra de Hélcio como uma pessoa boa, alegre e que ajudava a todos. Ele era casado com Luciana Barbosa, com quem teve dois maravilhosos filhos, sendo um de 13 e outro de 7. Era a alegria da família, sempre sorrindo e animado, até nos momentos mais difíceis.

Os irmãos e Amarildo, Pedro, Djjalma e Maria, agradecem ao ‘caçula’ pelas alegrias que proporcionou em vida. Foram muitos momentos de amor, carinho, além das risadas que vão deixar saudades.

A família destaca que Hélcio fez o que sempre quis, dirigir caminhão e fazer muitas viagens. “Ele era caminhoneiro, amava o que fazia, e sempre nos ajudava em tudo, tinha o coração enorme . Pra ele nunca tinha dias ruins”, disse a sobrinha Kerolin.

Hélcio trabalhava na empresa Panpharma.