Dona Iraci, de 82 anos, é curada da Covid no São Vicente

Um dos momentos mais comoventes para os funcionários do Hospital São Vicente de Paulo, em Jundiaí, nessa guerra contra o Coronavírus, é quando um paciente recebe alta médica. A emoção toma conta não só dos familiares, mas de quem está na linha de frente dessa “novela” da vida real que não tem fim. Uma das últimas pacientes a receber autorização para voltar para casa é a dona Iraci, de 82 anos, moradora no bairro da Vila Hortolândia.

A filha dela, Fabíola dos Santos Borges, disse que não sabe como agradecer cada um dos profissionais que atuam no Hospital São Vicente de Paulo. Ela conta que sua mãe ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por sete dias. Os médicos a internaram na ala da Ortopedia, já que a doença se espalha rápido e os leitos tiveram de ser ampliados oito vezes neste mês.

Fabíola disse que os médicos precisaram colocar oxigênio para sua mãe enfrentar o vírus e graças aos procedimentos realizados pelas equipes ela se recuperou. A família, com os quatro filhos, comemorou muito.

Dona Iraci voltou para casa para alegria de todos. Essa é mais uma história com final feliz dentro de um hospital onde se vê de tudo, a todo instante.


A família de dona Iraci agradece a dedicação de cada um que trabalha no hospital e a Deus, por ter salvado a vida dela.

%d blogueiros gostam disto: